Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

pisca



Quarta-feira, 30.06.04

Avô Sousa Freitas

Não o conheci pessoalmente. Tenho pena, mas as contradições familiares às vezes resultam assim.

Um poeta português, vencedor de um prémio Antero de Quental (1950) e um boémio do seu tempo. Autor da letra do hino da Figueira da Foz:

"Figueira, Figueira da Foz

Das finas areias

Berço de sereias

Procurando abrigo.

Estrelas, doiradas estrelas

Enfeitam o Mar

Que pede a chorar

Para casar contigo.

Figueira, e à noite o luar,

Deita-se a teu lado

A fazer ciúmes

Ao teu namorado.

E a Serra, que te adora e deseja,

Também sofre com a luz do Sol

Que te abraça e te beija."(bis)

Estava doente. Morreu hoje.

Até sempre, Avô.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Pisca às 22:24



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2004

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930